Evitar os enjoos durante as viagens

Evitar os enjoos durante as viagens

Para saber como evitar o enjoo durante as viagens, há que perceber o que acontece durante esta condição.
O enjoo causado pelo movimento resulta da discrepância entre a percepção da sua visão e do seu ouvido interno, levando a náuseas, suores, aumento da salivação, dores de cabeça e palidez. O enjoo pode ocorrer em viagens de avião devido à turbulência, durante uma viagem de carro ou barco, devido a curvas ou à agitação do mar.

Apesar de ser impossível evitar as causas que levam ao enjoo de viagem, existem alguns procedimentos que pode seguir, para evitar a severidade desta condição.

• Reduza os movimentos do seu corpo: Se possível, escolha um lugar a meio do barco ou avião e utilize uma almofada para manter a sua cabeça o mais estável possível, evite levantar-se, principalmente em alturas de maior movimento.

• Evite o consumo de bebidas e alimentos: Evite comidas pesadas ou bebidas alcoólicas antes da sua viagem. Mantenha os níveis de hidratação ao beber água gradualmente e evite alimentos susceptíveis de causar má disposição como alimentos picantes ou ricos em gordura.

• Olhe pela janela: Se vai viajar de carro, observar a paisagem pode dar a percepção de movimento ao seu sistema, aliviando os sintomas do enjoo. Evite focar-se num ponto fixo como ler ou jogar um jogo electrónico ou de cartas, uma vez que irá agravar o enjoo.

• Tente dormir: Relaxe e mantenha os olhos fechados para evitar a percepção de mensagens erradas pelo seu cérebro. Dormir durante a viagem irá distraí-lo(a) e dar-lhe a sensação que o tempo passa mais rápido.

• Relaxe: Se mantiver a calma, tem menos probabilidade de sofrer má-disposição. Oiça música e se possível abra a janela em viagens rodoviárias, uma vez que o ar fresco melhora os sintomas de má-disposição.

No caso de enjoar facilmente, previna-se com medicamentos de venda livre ou de prescrição para evitar o enjoo durante a viagem. Dependendo do tipo de viagem que vai fazer, escolha a forma de administração mais cómoda em adesivo ou comprimidos orais.

Texto: Clínica euroClinix