Segurança na neve

Segurança na neve

As férias na neve são na sua maioria férias desportivas praticadas ao ar livre e que exigem algum esforço.
Desta forma antes da escolha do seu destino aconselhamos uma visita ao seu médico, especialmente se viajar para a neve pela primeira vez.
Tenha sempre em conta que a prática de desporto em estâncias de grande altitude, como a Sierra Nevada e certas estâncias dos Alpes, provocará um esforço suplementar e dificuldades na adaptação durante os primeiros dias.
Neste tipo de estâncias a ingestão de álcool deverá ser reduzida, e toda a atenção deverá ser dada à ingestão constante de líquidos (hidratação) e à utilização de equipamento adequado.

CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA (CESD)

Antes de partir de viagem para uma estância da UE e se for cidadão de um Estado-Membro da União Europeia aconselhamos que solicite do seu organismo de segurança social o Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), (antigo formulário E111 – Passaporte Azul).
O CESD é um documento que assegura a prestação de cuidados de saúde aos beneficiários de um sistema de segurança social de um dos Estados UE, Espaço Económico Europeu ou Suíça quando se deslocam temporariamente neste espaço, permitindo que sejam assistidos com mais facilidade, de forma gratuita ou com custos moderados em caso de doença ou acidente.

SEGURANÇA SKI & SNOWBOARD

O ski e snowboard são classificados como desportos perigosos, praticados em alta montanha onde as condições climatéricas poderão ser rigorosas e mudar drasticamente em questão de minutos. Este risco poderá ser diminuído ou atenuado, para si ou para os outros, se os seguintes princípios forem seguidos:

Aspectos a ter em atenção antes de se aventurar na neve:

1. Escolha da estância
Escolha a estância com cuidado e de acordo com a variedade de pistas que apresenta, tendo em conta o “leque” de níveis existente entre os diferentes elementos do “grupo” a viajarem em conjunto. A prática do ski e snowboard deverá ser seguras, acessível e divertida para todos.

2. Informação
Ao chegar à estância informe-se das condições reais de cada zona de pistas. Peça o código FIS de conduta e segurança para todos os utilizadores das pistas e siga as normas com atenção.

3. Risco de Avalanche
Em cada estância existe um grau de risco da possibilidade de avalanche. Siga as indicações atentamente nunca esquiando em zonas fechadas ou consideradas de risco.

4. Ski e Snowboard fora de pista (off piste)
Ao fazer ski ou snowboard fora das pistas balizadas está a aumentar de forma considerável o risco. Se o pretender fazer aconselhamos a contratação de um guia local especializado, a utilização de aparelhos de localização (tipo ORTOVOX ou ARVA) e a contratação de um seguro especial para o efeito, já que os seguros normais de viagem neve/ski não cobrem acidentes fora das pistas balizadas.

5. Preparação Física
Para a diminuição do risco de lesões e aproveitar ao máximo o ski e snowwboard é importante fazer preparação física antes de partir neste tipo de férias. Ginástica de manutenção localizada e passeios em BTT ou patins em linha são quase o suficiente, no entanto, o mais aconselhado seria um programa de preparação prévio, adaptado a cada um, com a duração de 8 a 10 semanas. Consulte um ginásio.

6. Aprendizagem: “a base da segurança na neve”
Para aprender e evoluir em segurança recorra sempre a uma escola de ski ou snowboard reconhecida. Existem programas com cursos semanais colectivos (recomendado) e ainda a possibilidade de aulas particulares.

7. Segurança nas Pistas – alguns conselhos básicos:
– Seja prudente
– Não esquie fora das pistas balizadas e não entre em zonas / pistas fechadas
– Utilize capacete na prática do ski e snowboard
– Siga as indicações e marcações dos profissionais de segurança das pistas.
– Siga e respeite o código FIS de conduta e segurança para todos os utilizadores das pistas.
– Avance suavemente durante os primeiros dias
– Não esquie junto aos bordos das pistas e evite aproximar-se de obstáculos como para ventos, canhões de neve,
pilares entre outros
– Faça aquecimento muscular antes das primeiras descidas
– Adapte a velocidade e o equipamento ao seu nível
– Estire os músculos ao fim do dia.
– Beba muitos líquidos e coma de forma equilibrada, tendo em conta as energias despendidas.

8. Equipamento Fundamental
Para reforço da segurança e uma fácil aprendizagem e é fundamental que se utilize o equipamento adequado à prática destes desportos:
– Roupa (casaco e calças): leve, com bom isolamento térmico (quente), resistente e impermeável.
– Luvas: fundamentais e imprescindíveis, devem ser da melhor qualidade já que são os dedos os primeiros a sofrerem
com o frio.
– Gorro para o frio ou chapéu para o sol: imprescindível.
– Óculos de sol ou neve (para dias de sol ou neve/vento): os óculos de sol são obrigatórios. Em estações de grande altitude e com muito sol como a Serra Nevada, o excesso de luminosidade e o reflexo dos raios solares na neve podem provocar lesões oculares graves.
– Creme solar protetor: fundamental e obrigatório. São muitos os casos anuais de queimaduras solares graves por falta
de proteção na neve.
– Skis, Snowboard e botas: podem ser reservados em Portugal, incluídos no pacote de viagem, e recolhidos
diretamente em todas as estâncias. Para uma segurança máxima é fundamental para que utilize equipamento
adequado e adaptado ao seu nível/peso/altura.
– Capacete: uma peça de equipamento “obrigatória” para crianças e recomendada para adultos. Uma proteção
fundamental em caso de queda e principalmente de colisões.

Por Sporski
Sabe mais informações na Revista Outdoor!

Sporski © All rights reserved