SOS em BTT

SOS em BTT

Os acidentes acontecem quando menos se espera. Previne-te!
Ter conhecimentos de primeiros socorros pode salvar a vida de outro betetista ou ajudar-te a resolver uma situação complicada. Aprende estes conceitos básicos, pois podem vir a ser-te muito úteis!
PRAZER na prática de qualquer modalidade está diretamente dependente dos conhecimentos que dela se possui. Assim sendo, é impossível pensarmos numa atividade de BTT (passeio, maratona, expedição, viagem, etc.) sem antes possuirmos os requisitos básicos da modalidade em questão.
Entre os diversos requisitos necessários, parece-nos importante dar especial atenção aos aspectos relacionados com a segurança, quer ela seja passiva ou ativa.

ASPECTOS IMPORTANTES NO ÂMBITO DA SEGURANÇA
– Usa o capacete sempre bem ajustado e de tamanho adequado;
– Usa óculos com lentes anti-estilhaço e com haste direita;
– Verifica antes de cada utilização o funcionamento do conjunto pedais desencaixe/cleats dos sapatos;
– Para a prática do Freeride e Downhill, não esqueças o uso de capacete “integral” e de proteções para o tronco, joelhos e cotovelos;
– Certifica-te da potabilidade da água dos locais de abastecimento;
– É aconselhável possuir seguro desportivo;
– Em caso de o passeio decorrer em locais desconhecidos, faz um reconhecimento prévio, e prevê locais de acesso e pontos de resgate;
– Para além do número nacional de emergência (112), recolhe os números das autoridades locais (bombeiros, GNR, centro de saúde);
– Para evitar a desidratação, é recomendável que bebas regularmente durante o esforço, mesmo que não tenhas sede;
– Se o trajeto escolhido passa em locais recônditos, informa as autoridades do percurso a realizar;
– Em caso de acidente em locais desconhecidos, transmite às autoridades de socorro a tua localização exata ou as coordenadas de GPS (Latitude e Longitude);
– Mesmo que o percurso seja curto, leva sempre contigo algum dinheiro para alguma eventualidade;
– Mantém uma condução segura quando pedalas em grupo;
– Usa monitor de frequência cardíaca para controlares melhor o esforço;
– É aconselhável levares sempre contigo um telemóvel;
– Deves possuir conhecimentos/noções básicas de primeiros socorros;
– Após um acidente, deves sempre trocar o capacete, mesmo que aparentemente este apenas tenha uns “riscos”;
– Não pedales sozinho em percursos que te são desconhecidos;
– Leva no teu camelbak uma pequena bolsa básica de primeiros socorros.

Constituição da Bolsa de Primeiros Socorros

– 5 Pensos 7,2 X 2,5cm
– 2 Adesivos elásticos 10X6 cm
– 1 Folheto SOS
– 1 Manta de sobrevivência
– 1 Check List
– 1 Rolo Adesivo 5 X 1,25 cm
– 1 Compressa

Não te deves esquecer de levar também:
– Canivete com Tesoura
– 1 Pacote de açúcar
– Betadine Solução Dérmica
– Soro Fisiológico

Por Paulo Nascimento
Sabe mais informações na Revista Outdoor!

Paulo Nascimento © All rights reserved